Do outro Mundo

Fusca do Tche

Tchê Barbaridade

Composição: Indisponível

 

"Hahahahaha! Fuca!

Oh! Se parar eu não vou

Empurrar esse balaio virado

Olha a fumaceira que

Tá esse carro

Como é que vamos no shopping

Desse jeito rapaz?

Tá louco chegar na festa

Com isso aí?

Será que cabe todo mundo?

Vamos parar de encher

O saco rapaz

Eu vou de fuscão do Tchê

Quem não quiser ir

Que vá se fu**"

 

Comprei um fuscão

De dar inveja nos magrão

Modelo zóio de sapo

Bem rabaixado no chão

Mil e seiscentas cilindradas

Dá uma olhada na pintura

Tapadinho de adesivo

E mais um monte de frescura...

 

Comigo não anda homem

A mulherada comenta

Que quando trepa no fusca

Salta fogo pelas ventas

Não querendo me gaba

Mas a gasosa é com as meninas

Pois elas já me conhecem

Pelo ronco da buzina...

 

E vou deixar comendo poeira

Com meu fusca envenenado

Nem vou colocar terceira

Só em parar do teu lado

Com o volume detonado

Vai te dar uma tremedeira...

 

Essa noite nesse baile

Eu quero me arrebentar

No balanço que eu danço

Não canso pode apostar

Pode entrar a madrugada

Só tocando vanerão

O gaiteiro morre

Antes do gauchão...

 

Pega carona do Tchê

E embarca no rebolado

Que a mulherada tá louca

Pelo fuscão turbinado...(2x)

 

Meu fusca e o fuscão preto

São dois cavalos de aço

E não é qualquer chevete

Que vai mandar no pedaço

Nem tão pouco fazer nome

Hoje o fusca ta mandando

Encolhe teu tubarão

Porque o meu fuscão

Tá chegando...

 

Comigo não anda homem

A mulherada comenta

Que quando trepa no fusca

Salta fogo pelas ventas

Não querendo me gaba mas

A gasosa é com as meninas

Pois elas já me conhecem

Pelo ronco da buzina...

 

E vou deixar comendo poeira

Com meu fusca envenenado

Nem vou colocar terceira

Só em parar do teu lado

Com o volume detonado

Vai te dar uma tremedeira...

 

Lá vem o Tchê!

A festa é de você

Lá vem o Tchê

Vem de fusca prá te ver...

 

Pega carona do Tchê

E embarca no rebolado

Que a mulherada tá louca

Pelo fuscão turbinado...(6x)

Ah! Se o Seu Fusca Votasse

Juca Chaves

Composição: juca chaves

 

já foi um vice agora presidente é, muda ministro como a taxa da inflação, bate com força a porta do seu chevrolet, é o mauricinho enfrentando maurição.

 

o wolkswagen é seu sonho de regresso, e o seu sucesso seu terninho de tercal, só falta ordem na bandeira do progresso

e a greve é breve na polícia federal, que por sinal ganha bem mal.

 

mora sozinho, assim não se compromete, com a namorada não namora apenas fica, amor caipira que a imprensa reivindica, mostra porque ainda está em pé o seu topete.

 

é mineirice o seu desejo não tem beijo, faz novo plano pra manter a velha forma, recebe um beijo enquanto come um pão de queijo, é coisa boca mas a boca era da norma, como diz o pavarocci no planalto nessum dorna

 

A presidente Itamar, como disse o chico anísio no ar, o povo só tem três problemas: café, almoço e jantar!

 

Fusca da Galera

Banda Ultra Som

Composição: Banda Ultra Som (Mérquis)

 

1- saio na rua sempre com o meu fuscão.

Porque sou o garanhão, sou o rei da mulherada.

Todas mulheres ficam louca de vontades.

Para dar uma voltinha e até uma namorada.

Não tem problema entra nessa vamo embora.

O possante é pequeno, mas a gente se encolhe.

O que não pode é faltar muita paquera.

Todas elas são bem vindas. e esse é o fusca da

Galera.

 

Refr: eu quero ouvir você gritar a a!

Isso aqui tá bom demais.

Hoje eu quero é alegria e daqui ninguém me tira.

Hoje aqui tá bom demais!

Valmir de Deus Martins troca decoração natalina em casa por 'Fusca Noel'

Valmir enfeita o carro de 1974 há 11 anos para comemorar a data.
Veículo faz parte da história do casal há 36 anos.

 

 

 

Valmir de Deus Martins, São Caetano do Sul, SP

 

Preocupado com o aumento na conta de luz por causa das luzes de Natal em casa, Valmir decidiu começar a enfeitar o carro. (Foto: Valmir de Deus Martins/VC no G1)

O "Fusca Noel" representa a trajetória de um casal sobre quatro rodas. Quem conta a história é o eletricista Valmir de Deus Martins, de 57 anos. "Quem comprou o Fusca foi meu sogro, Vitório, que presenteou sua filha Marly, hoje minha esposa. Foi comprado em 29 de janeiro 1978", lembra. "É nosso xodó porque estamos com ele desde 4 meses de namoro, representa a nossa vida inteira juntos, são 36 anos. Somos casados há 30 anos e sem filhos, namoramos muito dentro dele, casamos e vivemos nossa vida de amor sempre do lado dele, e moramos na mesma casa da época em que ele foi comprado, todos os vizinhos o conhecem."

"Hoje é um Fusca de garagem e só utilizamos na época de Natal", conta Valmir. O leitor tem o costume de enfeitar o carro todos os anos, já no incício de dezembro. "Só desmonto em janeiro", conta. O veículo é de 1974, mas só recebeu o nome de "Noel" em 2001, quando começou a tradição da família. "Enfeito o Fusca há 13 anos. Antes disso, eu enfeitava a nossa casa e contornava as janelas e telhado com lampadinhas. Com isso, a conta de energia sempre subia em dezembro. Mas veio o controle de energia fornecida pelo governo, aí eu pensei que se eu enfeitasse o Fusca não teria custos de energia", relembra.

O sobrinhos do casal serviram de inspiração para o "design" da decoração natalina. "Como o Fusca é um carro que toda criança desenha, pensei: 'como uma criança desenha um Fusca?'
Desenha o contorno do paralama da frente, estribo e paralama de trás, mais os contornos dos vidros e pronto. Após isso ficou fácil, só acrescentei dois corações pelo amor a minha mulher e um chapéu do Papai Noel", descreve o eletricista, acrescentando que, "além da iluminação, tem pisca-pisca, sirene e buzina corneta para fazer barulho".

'É nosso xodó porque estamos com ele desde
quatro meses de namoro, representa a nossa vida
inteira juntos, são 36 anos.'
(Foto: Valmir de Deus Martins/VC no G1)

Para chegar ao resultado final e conseguir fazer todas as luzes funcionarem corretamente, Valmir precisou de cerca de três meses de testes. "O Fusca é todo original e não poderia mudar a originalidade. Até que no dia 15 de dezembro de 2001 saímos com ele enfeitado pela primeira vez, ninguém acreditava naquilo - nem eu", relata entre risos.

"Quando passo com ele nas ruas é muito engraçada a expressão das pessoas. Muitos só dão risada, outros pedem presente, dão parabéns, batem palmas.  Teve um casal que me perguntou: 'você não tem dívida?' Eu perguntei por que e responderam: 'para fazer isso num Fusca e dar tanta risada, é porque não deve ter dívida"", diz Valmir. "É um prazer muito grande fazer as pessoas felizes nesta época de Natal."

História familiar
O Fusca acompanhou Marly e Valmir durante toda a história do casal. "Existem várias histórias, desde namoros até pneu furado em estrada com o estepe vazio", diz o marido. "Na época em que estávamos com dificuldades, construindo nossa casa, os bancos da frente eram sustentados por um pedaço de madeira de telhado. Em dias de chuva, quem andava atrás eu tinha que avisar para levatar os pés, pois a água entrava por baixo. Só em 1997 restaurei o Fusca por completo, aí ele 'descansou'."

Além de gostar de carros antigos, Valmir também admite uma paixão especial pelo Fusca. "Sou eletricista aposentado da Volkswagen do Brasil, onde trabalhei por 30 anos, por isso a paixão pelo Fusca. Tenho até um Fusca New Beetle 2010 amarelo para passear, mais o xodó é o 'Fusca azul calcinha' 1974."

Fusca Velho a Gás

Os Feras do Baile

Composição: Indisponível

 

Todo mundo quer andar no meu fusca velho a gás

As mulher anda na frente e a cachaça vai atrás (2x)

Quando chega sexta-feira a mulherada vem atrás

Pega logo no cambio e da uma alisadinha

Querendo da uma voltinha no meu fusca velho a gás

 

I o som muito invocado foi eu mesmo que fiz com o falante furado

E voces precisam ver... Quando chegar o sabado....

Todo mundo quer andar no meu fusca velho a gás

As mulher anda na frente e a cachaça vai atrás (2x)

 

As mulheres pega no meu pé fica só me zoando casoalho ta furado

Passa a mão fica todo empoerado povo fica gritando fiquei mais invocado

Mas eu sou um torpedo so gostoso demais o se elas gostam??? é do cheiro de gás...

 

Todo mundo quer andar no meu fusca velho a gás

As mulher anda na frente e a cachaça vai atrás (4x)

 

Quando chega sexta-feira a mulherada vem atrás

Pega logo no cambio e da uma alisadinha

Querendo da uma voltinha no meu fusca velho a gás

 

I o som muito invocado foi eu mesmo que fiz com o falante furado

E voces precisam ver... Quando chegar o sabado....

 

Todo mundo quer andar no meu fusca velho a gás

As mulher anda na frente e a cachaça vai atrás (2x)

Page 2 of 2

Go to top